As mudanças que ninguém viu

Temos a mesma série de moedas circulando desde 1998, certo? Aparentemente, sim. A última grande mudança foi em 2002, quando houve troca de metais nas moedas de 50 centavos — que era feita de cuproníquel, trocado pelo aço inoxidável — e 1 real — a alpaca e o cuproníquel, do anel e do miolo, respectivamente trocados por aço inoxidável revestido de latão e aço inoxidável.

A mudança dos metais teve uma campanha para mostrar à população que as novas moedas nada tinham de errado; continuavam valendo o mesmo que antes.

Porém, outra alteração, ocorrida a partir de 2004, foi efetuada sem nenhum aviso e sem que ninguém percebesse. Pelo menos até agora.

Nas fotos abaixo, temos duas moedas de 25 centavos, uma de 2001 e outra de 2009.

2013-11-18 16.14.35 (1)

2013-11-18 16.14.54

Aparentemente iguais. Agora, na foto abaixo, o detalhe do Cruzeiro do Sul, que fica no quadrante superior direito.

estrelas

À esquerda, a moeda de 2001; à direita, a de 2009. Não se iluda. A estrela inferior que fica sobre a faixa da bandeira está lá, mas bem fraca. O detalhe não é esse. Observe o formato das estrelas. Nas versões de 2002 e anteriores, elas eram mais “encorpadas”, nas moedas batidas a partir de 2003, as estrelas são mais delgadas e pontudas.

Agora, mais um detalhe. Observe as fotos abaixo.

centavosEmbora esteja fora de escala, é visível que a inscrição “centavos” foi ampliada. Basta ver a posição da letra “t”. Em 2001, ela está praticamente para dentro da última linha dos detalhes; na de 2009, apenas metade dela está.

Para as moedas de 25 centavos, a inscrição passou de 13,85 mm de largura por 2 mm de altura para 14,8 mm de largura por 2,25 mm de altura.

E nota: todas as moedas da série passaram por essa alteração em 2003. Apenas a inscrição “real”, da moeda de 1 real, não sofreu alterações. Em todas as estrelas foram remodeladas.

Além dessas alterações, as moedas de 50 centavos tiveram, na mesma época, uma alteração no anverso. Observe a figura (clique para ampliar).

50c

Observe que há um detalhe de linhas que passa por trás do busto do Barão do Rio Branco. Na parte de baixo do busto, onde o detalhe reaparece, nas moedas anteriores a 2003 (à direita), apenas cinco linhas aparecem, enquanto que nas moedas após 2005 — em 2004 não foram emitidas moedas de 50 centavos —, há seis linhas, como pode ser observado na moeda da esquerda.

Anúncios

4 comentários em “As mudanças que ninguém viu

    1. Olá, Mário. Percebi-as num relance hoje… como eu tenho o corpus em casa, pude comparar as peças e medi-las com um paquímetro. Mandei um e-mail para a CMB para ver o que a instituição tem a dizer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s