Bolívar soberano: mais um engodo

Desde o último dia 1º, a Venezuela tem um novo padrão monetário, o bolívar soberano, que equivale a 1.000 bolívares fortes. Trata-se de mais uma medida desesperada do governo de Nicolás Maduro frente à inflação galopante que atinge o país caribenho. O índice fechou 2017 em 2.616%, segundo a Comissão de Finanças da Assembleia Nacional Venezuela.a

O roteiro já nos é conhecido. Entre 1986 e 1994, o Brasil passou por quatro redenominações: de cruzeiro para cruzado (1986), de cruzado para cruzado novo/cruzeiro (1989), de cruzeiro para cruzeiro real (1993) e de cruzeiro real para real (1994). Somente esta última foi acompanhada de medidas macroeconômicas eficazes para frear a inflação em médio prazo.

O padrão venezuelano já fora vítima de uma redenominação em 1º de janeiro de 2008, quando mil bolívares passaram a ser um bolívar forte, o que encerrou a carreira do padrão monetário mais antigo da América do Sul, que fora criado em 1879, durante o segundo governo de Antonio Guzmán Blanco.

Como medida cosmética, o bolívar soberano já nasce caduco. Na cotação de hoje (3/5/2018), um dólar americano está em 637,05 bolívares soberanos, ou 637.053,28 bolívares fortes. Em questão de dois ou três meses, o câmbio ultrapassará a faixa das mil unidades. Talvez o mais indicado fosse cortar seis zeros, fazendo com que 1 milhão de bolívares fortes fosse igual a 1 bolívar soberano, o que deixaria a cotação em 0,637 bolívar soberano.

A partir de junho circulará o novo espectro monetário, com moedas metálicas de 50 cêntimos e 1 bolívar. As cédulas serão de 2, 5, 10, 20, 50 e 100, 200 e 500. Nota-se que a cédula mais alta, se lançada hoje, valeria menos de 1 dólar.

Além do mais, as cédulas do novo bolívar são excessivamente parecidas com as do padrão que está saindo de circulação, o que poderá trazer confusão à população.

500-768x576
Cédula de 500 bolívares soberanos. Note-se que a palavra ‘soberano’ não aparece escrita. Fonte: BCV
cedula-500-bolivares-nova.jpg
Cédula de 500 bolívares do padrão ‘forte’. Note-se a semelhança da disposição dos objetos. Fonte: BCV
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s